Cidades

Juazeiro do Norte-CE: Feira internacional de artesanato

Objetos de usos variados podem ser conferidos pelo público, tais como bijuterias e decoração  FOTO: ELIZÂNGELA SANTOS

Objetos de usos variados podem ser conferidos pelo público, tais como bijuterias e decoração FOTO: ELIZÂNGELA SANTOS

Juazeiro do Norte Uma amostra de artesanato variado, em um dos maiores celeiros da arte popular do Nordeste. De forma pioneira em cidades do interior do Brasil, está acontecendo em Juazeiro até o dia 19, a Feira Internacional de Artesanato e Decoração (Feincartes), com a participação de exemplares de 13 países. Os artesãos do Cariri destacam a importância de integração com o setor local. A Federação das Associações de Artesãos do Cariri está presente. Em julho, irá participar de uma feira do gênero, em Recife, com artistas da região.

Na feira em Juazeiro, podem ser encontrados desde vasos do Marrocos, tapetes da Índia, a pedras preciosas do Senegal.

A organização do evento, que está sendo realizado no Palácio da Microempresa – Sebrae, prevê a participação, desde a abertura, no último dia 10, até o encerramento, de pelo menos 30 mil pessoas.

Juazeiro passa a ser a cidade pioneira nesse tipo de evento, no interior do Brasil. A feira é realizada em vários Estados do País, principalmente nas capitais. Segundo uma das coordenadoras, Maria Mathias, a Feincartes veio para Juazeiro atraída pelo grande desenvolvimento que a cidade tem obtido nos últimos anos. “Essa cidade tem crescido 70% acima de outras cidades do Nordeste. A meta é realizar aqui outras edições nos próximos anos”, afirma.

A feira atua não só na área de artesanato, mas decoração. Outros Estados do Brasil estão no evento, como Tocantins e seu trabalho com capim dourado.

Entre os países, estão Colômbia, Índia, África do Sul, Dubai, Índia, Indonésia, Líbano, Marrocos, Síria, Paquistão, Palestina, Peru e Turquia.

Diário do Nordeste

Leia também

Comentários Encerrado

Os comentários estão encerrados. Você não poderá publicar comentário neste artigo.