Cidades

Crato-CE: Município é o primeiro do Cariri a receber o bafômetro

Depois de 10 anos municipalizado, através da lei 2.073/2001, somente agora que o sistema de fiscalização do trânsito de Crato foi contemplado com um bafômetro, através de um termo de cessão de uso de bens e móveis celebrado entre o Departamento de Trânsito Estadual e o Departamento Municipal de Trânsito (Demutran). O equipamento, adquirido pelo Detran e cedido ao Demutran custou R$ 7.500,00, será utilizado imediatamente. Até então, o trabalho com bafômetro realizado no Cariri era feito somente pelo Patrulhamento Rodoviário Estadual (PRE). “Tratando-se de município da região onde o trânsito é municipalizado, o Crato foi o primeiro a ser contemplado”, disse Daniel Aquino Viana, agente coordenador de trânsito do Demutran do Crato.

Os aparelhos contam com um etilômetro com bateria, uma impressora com bobina, fita de tinta, um cabo de comunicação para a impressora, um carregador de bateria para a impressora e um outro para a bateria 9 volts, com cabo e adaptador. Outro cabo adaptador de 12 volts para carregador de bateria, no acendedor de cigarros do veiculo, um certificado do INMETRO, duas bobinas de papel reserva, duas fitas de tinta reserva, duas baterias recarregáveis reservas de 9 volts, um manual do operador, um outro manual de referência e uma chave plástica de funções. Daniel informou que os agentes estão sendo instruídos para usá-lo com segurança e eficácia.

O manual do bafômetro diz que o equipamento tem a capacidade de aferir o teor de álcool no sangue do condutor do veículo com a mais absoluta precisão.O equipamento tem a mais recente tecnologia, ou seja, pertence a última remessa que estabelece tolerância zero, ou seja, se o condutor de veículo tiver bebido um copo de cerveja, será flagranteado ao soprar o bafômetro.

Administração Samuel Araripe vai instalar internet grátis na praça a todos os usuários.

Logo que as obras de reforma das praças da Sé, Siqueira Campos, Juarez Távora e Alexandre Arraes forem concluídas, a Prefeitura do Crato vai instalar a Zona de Internet Grátis – ZIG. A iniciativa tem por base a resolução da Organização das Nações Unidas – ONU, em que a informação deve ser democratizada da melhor forma possível por se tratar de um direito da humanidade. O vereador George Macário de Brito, do PV, autor do projeto da ZIG, informou que a determinação da ONU é fazer com que os governos abram o sinal da Rede Mundial para que todos tenham acesso, gratuitamente, a exemplo do sinal aberto de televisão.

A ZIG funcionará através de sinal transmitido de uma antena, possibilitando ao usuário abrir seu computador na praça e usá-lo da forma que quiser e o tempo que quiser, sem pagar absolutamente nada por isso, e sem ser preciso a utilização de operadoras numa velocidade compatível. O serviço, que será mantido com recursos da prefeitura, ficará disponível 24 horas e acessível a estudantes, pesquisadores e a todas as pessoas de todas as classes sociais.

George explicou também que a idéia é levar a ZIG para outras praças fora do centro da cidade e bairros periféricos. De acordo com o projeto de lei, que já foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal, os gestores públicos municipais subseqüentes ficarão obrigados a garantir a operacionalidade do sistema e que não funcione apenas enquanto durar a administração do prefeito Samuel Araripe

Leia também

Comentários Encerrado

Os comentários estão encerrados. Você não poderá publicar comentário neste artigo.